Experiência leitora e escrita criativa: Relatos da prática docente do projeto Mulheres Inspiradoras

  • Gleiser Mateus Ferreira Valério UnB/SEEDF
  • Anelise Tonel Barcelos SEEDF

Resumo

O projeto Mulheres Inspiradoras foi idealizado e desenvolvido pela professora Gina Vieira Ponte em 2012 no CEF 12 de Ceilândia e, posteriormente, ampliado para 15 escolas do Distrito Federal, da qual se destaca o CEF 31, local de realização das pesquisas que compõem o presente artigo. O objetivo central é analisar a importância do uso de projetos de leitura para promoção de uma educação transformadora e emancipadora, na qual o estudante assuma a posição de protagonista no que tange à cidadania e à compreensão de temáticas problema na sociedade – em especial a situação da mulher, a violência, o machismo e a misoginia. Para tal, realizamos atividades durante o ano de 2017, em turmas de nonos anos, que serão descritas por meio de um relato de prática docente, tendo como cerne questões relativas ao texto literário, à leitura e à escrita criativa como forma das alunas e dos alunos questionarem a si e a seu estar no mundo, frutos obtidos a partir do projeto Mulheres Inspiradoras, de sua formação docente e do material oferecido para sua realização

Publicado
Ago 21, 2018
##submission.howToCite##
VALÉRIO, Gleiser Mateus Ferreira; BARCELOS, Anelise Tonel. Experiência leitora e escrita criativa: Relatos da prática docente do projeto Mulheres Inspiradoras. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 5, n. 3, p. 153-158, ago. 2018. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://www.periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/462>. Acesso em: 15 nov. 2018.