A Psicomotricidade enquanto norteadora da práxis pedagógica na Educação Infantil

  • Amanda Cabral dos Santos Secretaria do Estado do Distrito Federal

Resumo

As instituições educativas voltadas para a infância, a fim de tornarem-se mais atrativas e atenderem a demanda das famílias e da sociedade capitalista, muitas vezes supervalorizam os materiais pedagógicos, os brinquedos, o parque, a brinquedoteca, em detrimento das atividades que promovam a interação das crianças com o docente, com os pares, com a natureza e com as famílias, utilizando apenas o próprio corpo e seus movimentos. Embora o brinquedo seja importante para o desenvolvimento infantil e amplamente defendido em teorias e abordagens pedagógicas, este artigo defende a perspectiva de que as instituições educativas precisam resgatar a importância das relações humanas. O objetivo desse artigo é refletir acerca do brinquedo na prática pedagógica da e na Educação Infantil e propor, por meio da abordagem da Psicomotricidade Escolar, uma prática que tenha como essência a interação entre as pessoas.

Publicado
Abr 18, 2018
##submission.howToCite##
SANTOS, Amanda Cabral dos. A Psicomotricidade enquanto norteadora da práxis pedagógica na Educação Infantil. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 5, n. 2, p. 146-151, abr. 2018. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://www.periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/381>. Acesso em: 16 dez. 2018.